Terrorista do Estado Islâmico se converte após ouvir a voz de Deus em bombardeio

Com apenas 17 anos, Shuhaib* foi recrutado pelo grupo terrorista Estado Islâmico para atuar no Afeganistão. Seu aversão pelas pessoas que não seguiam o Islã nasceu em sua própria casa — sua família, que seguia a vertente mais extrema do islamismo, fazia parte da liderança do Talibã.

Durante seu governo no Afeganistão, entre 1996 e 2001, o Talibã cometeu massacres contra milhares de pessoas e destruiu inúmeras ??igrejas. Quando forças lideradas pelos Estados Unidos atacaram o país em 2001, Shuhaib, com apenas 4 anos, viu serem mortos três de seus irmãos e sua mãe.

Shuhaib escapou junto com seu pai e sua irmã, Sameera, com o apoio de soldados americanos. Eles conseguiram reconstruir a vida mas, diante das perdas, a raiva dos cristãos aumentou.

Cerca de um ano e meio atrás, o pai de Shuhaib morreu em um acidente e sua irmã, Sameera, se converteu ao cristianismo após ser curada por Jesus. Enquanto Shuhaib continuava com sua missão terrorista, ela orava fervosoramente para que ele também tivesse um encontro com Deus.

A transformação começou na vida de Shuhaib depois de ser o único sobrevivente de um ataque realizado por um esquadrão anti-terrorista, que destruiu completamente a base onde atuava. Ele conseguiu fugir mesmo ferido e, enquanto corria, sentiu alguém segurando sua mão, o ajudando a correr mais rápido.

Ele também ouviu uma voz, que dizia: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim”.

Olhos abertos para Deus

No dia seguinte, Shuhaib chegou a uma aldeia e foi recebido por uma família, que cuidou de seus ferimentos. Enquanto ele dormia, a família, que era cristã, chamou seu pastor até a casa.

Quando o pastor chegou Shuhaib ainda dormia e foi acordado pelos filhos do casal, que perguntaram a ele: “Podemos falar um versículo que conhecemos de cor?”. Com a voz embargada, Shuhaib respondeu que sim. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim”, disse o garoto.

Atordoado, Shuhaib lembrou que ouviu as mesmas palavras na noite anterior, enquanto fugia. Depois que os outros se aproximaram, ele perguntou qual era o significado dessa frase. “Essas são as palavras de Jesus Cristo”, respondeu o pastor.

Ao ouvir o nome de Jesus, Shuhaib se levantou com raiva. Quando soube que todos ali eram cristãos, resolveu ir embora, mas foi convencido pelo pastor a ficar. “Jesus salvou sua vida de uma grande tragédia. Ele não é um inimigo, mas amigo de todos. Você pode ir se quiser mas, por favor, nos deixe orar por você antes. Acreditamos que Deus te trouxe aqui por essa razão”, disse o pastor.

Shuaib adormeceu novamente e sonhou com Jesus e uma enorme multidão de pessoas atrás dele. Entre elas estava sua irmã, Sameera. “Eu sou a luz da vida, o príncipe da paz e o eterno Salvador. Eu sou o primeiro e o último. Me siga e glorifique o Pai Celestial”, disse Jesus no sonho.

Shuhaib abriu os olhos como nunca antes. Naquele instante, ele se entregou a Jesus e contou toda a verdade ao pastor e à família que o acolheu. Enquanto o pastor ouvia sua história, ele juntou as peças e percebeu ele deveria ser o irmão de Sameera. Em poucos dias, o ex-terrorista se juntou a sua irmã e foi batizado em sua igreja.

*Nome fictício por razões de segurança

Fonte: Guia-me / com informações do Bibles for Mideas