Igrejas mexicanas sofrem com ameaças do crime organizado

Os ataques contra as igrejas no México tornaram-se um fenômeno comum. Três igrejas em Saltillo, no nordeste do país, foram recentemente vítimas de extorsão por organizações criminosas, segundo informações do jornal ‘El Siglo de Torreon’. A agência de notícias La Primera Plana divulgou em 21 de fevereiro que duas pessoas em Michoacan foram presas por tentar extorquir dinheiro de um líder cristão. Em outro caso, um grupo incendiou uma igreja em Matamoros, no estado de Tamaulipas. Felizmente ninguém ficou ferido no ataque.

“No México, como em todas as áreas onde o crime organizado está presente, a extorsão é uma das atividades criminosas mais comuns. O tráfico de drogas e a extorsão tornaram-se as principais fontes de renda das organizações criminosas. Igrejas também são alvos, com gangues aproveitando as ofertas regulares e doações de fiéis. Além disso, o uso da violência contra os cristãos é uma forma dos grupos criminosos tentarem influenciar o conteúdo dos sermões, além de ensinar e silenciar os valores cristãos que se opõem ao comportamento criminoso”, explica uma colaboradora da organização Portas Abertas na região.

“Os cristãos no México não podem viver a fé em paz, pois correm o risco de se tornarem vítimas de sequestros, agressões, torturas e até assassinatos. Como resultado, o México tornou-se conhecido como o lugar mais perigoso da América Latina para ser um líder cristão”, complementa.

Pedidos de Oração

Ore por proteção e paz para a Igreja Perseguida mexicana. Interceda pelos membros das gangues, para que conheçam a Jesus Cristo, arrependam-se de seus pecados e decidam viver para Deus. Peça por perseverança, força e ânimo para todos os líderes cristãos, para que cuidem das ovelhas de Jesus Cristo, apesar das dificuldades.

Fonte: Portas Abertas