107ª AGO em Ilhéus – Guardando a Unidade e Zelando pela nossa Identidade

A tradicional Assembleia Geral Ordinária da Convenção Estadual das Assembleias de Deus da Bahia, foi realizada na cidade de Ilhéus, na linda região cacaueira, no período de 28 de junho a 01 de julho de 2017.

Foi realizada, dessa vez, a 107ª AGO, cujas reuniões e sessões aconteceram no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, situado no bucólico Centro Histórico de Ilhéus.

Ocorreram, também, as reuniões e encontros da UEMADEB, União das Esposas dos Ministros das Assembleias de Deus da Bahia, e da UFIMADEB, União dos Filhos de Ministros das Assembleias de Deus da Bahia, em eventos paralelos, para os quais concorreu grande número de participantes, desfrutando da comunhão e da alegria do encontro entre irmãos e amigos.

Além dos ministros e suas famílias, participou dos eventos, sobretudo nas reuniões de cultos celebrados durante à noite, os membros das várias congregações da Assembleia de Deus de Ilhéus; e os preletores que ministraram com graça de Deus a Palavra do Senhor, assim como os vários cantores que serviram ao Senhor através dos louvores com a participação de toda a igreja.

Foi com muita alegria, comunhão e expectativas quanto a exposição bíblica do tema principal “Guardando a Unidade e Zelando pela nossa Identidade”, baseado em Ef 4.3, e a ministração dos subtemas “Zelando pela nossa unidade”; “zelando pela nossa liturgia”; e ‘zelando pela nossa cultura”, e a deliberações administrativo-pastorais quanto ao bom andamento da obra e da igreja do Senhor em todo estado baiano e fora dele.

A Assembleia Geral Ordinária acontece para tratar de assuntos administrativo-pastorais relacionados as Igrejas Assembleias de Deus filiadas a CEADEB, em que se busca promover através de suas reuniões de ministrações da Palavra de Deus e das sessões administrativas o congraçamento espiritual, a comunhão no Espírito e o fortalecimento para o pastoreio da igreja do Senhor.

Com o suporte de boa estrutura logística gentilmente cedida pela igreja anfitriã, na pessoa do seu pastor titular Manassés Neiva, e de organização do staff da CEADEB, na pessoa do Pr. Arilson Santos e Pr. Alex Marco, a abertura solene da 107ª AGO aconteceu no templo da Assembleia de Deus de Ilhéus, na direção do seu presidente Pr. Valdomiro Pereira da Silva, com a presença marcante dos ministros e suas famílias, das autoridades civis da cidade local, e da ilustre presença do governador baiano, Rui Costa.

Nessa mesma noite, aconteceu a inauguração do templo assembleiano em grande evento cerimonial oficiado pelo Pr. Valdomiro Pereira da Silva.

As cantoras Elivânia Maselli e Walkiria Nunes abrilhantaram com suas ministrações de louvor, e a Palavra do Senhor foi ministrada pelo Pr. Michell Ramos, que pregou com graça uma palavra de chamada a consciência do evangelho na expressão de vida diária.

Durante o restante do evento, a liturgia seguiu numa ordem onde se buscou favorecer os estudos bíblicos, que focaram substancialmente a conscientização de se guardar a unidade e preservar a identidade da Assembleia de Deus na Bahia, e, também, nas reuniões da UEMADEB, e da UFIMADEB, ocorridas em eventos paralelos. E as reuniões de cultos celebradas à noite, com a concorrida participação das várias congregações assembleianas do campo de Ilhéus.

As ministrações da Palavra pelo Pr. Valdomiro Pereira da Silva, (BA); Pr. Genival Bento (AL): Pr. Marcio Braga (BA); Pr. Eliúde Amaral Soares (BA); Pr. José Lima dos Santos (BA); e pelo Pr. Adejarlan José Ramos (BA) e os cânticos entoados e executados por Armando Filho (PE); Grupo da UFIMADEB; e a Orquestra da Assembleia de Deus de Teixeira de Freitas aconteceram debaixo de muita graça do Senhor, resultando na igreja receber com alegria as palavras de admoestações, advertências e de chamada espiritual para servirem com fidelidade ao Senhor até a sua manifestação em glória.

Ao final da realização da 107ª AGO, o perdão, a comunhão, a solução de problemas e deliberações administrativos-pastorais, o congraçamento pelo encontro com irmãos e amigos, eram situações alegremente testemunhadas pelos seus participantes.